Olá, Visitante. Por favor Entre ou registe-se se ainda não for membro.
Perdeu o seu e-mail de activação?
22 / Set / 2020, 22:51

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão




Membros
Estatisticas
  • Total de Mensagens: 18514
  • Total de Tópicos: 4186
  • Online Hoje: 122
  • Online Total: 996
  • (12 / Dez / 2019, 21:06)
Utilizadores Online
Membros: 0
Visitantes: 126
Total: 126
126 Visitantes, 0 Membros

Autor [EN] [ES] [IT] [DE] [FR] [NL] [RU] Tópico: Qual o problema de editar com 30 fps ou 20 fps  (Lida 7622 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Luís Filipe Cunha

  • Regular
  • *
  • Mensagens: 68
Qual o problema de editar com 30 fps ou 20 fps
« em: 20 / Abr / 2009, 16:18 »
Caros amigos,

sem entrar pelo debate DSLR com Video Vs Camcorders, alguém me consegue explicar pq é que o facto de as DSLR da Canon filmarem a 30 fps ou 20 fps (já as propostas da Nikon usam o 24 fps), pode constituir um problema de edição com o FCP?
E como é que o PAL ou NTSC pode ou não ser importante nesta questão?
Ficarei muitíssimo agradecido por compreender esta questão com a vossa ajuda.

Cumprimentos.
L.

Offline José Costa

  • Veterano
  • *****
  • Mensagens: 3,822
Re: Qual o problema de editar com 30 fps ou 20 fps
« Responder #1 em: 21 / Abr / 2009, 00:45 »
Boas.
Queira fazer o favor de ler as seguintes páginas:
Para 24p ou 30p - carregue aqui.
Para PAL - carregue aqui.
Para NTSC - carregue aqui.
Quanto ão problema de edição, a leitura das páginas acima citadas vão ajudá-lo a compreender o problema. Disponha. Boas.
O profissional inovador não segue a multidão. Ele tem lucidez para remar contra a maré e não se importa em ser taxado como "um estranho no ninho". - Luiz Roberto Carnier

Offline Luís Filipe Cunha

  • Regular
  • *
  • Mensagens: 68
Re: Qual o problema de editar com 30 fps ou 20 fps
« Responder #2 em: 21 / Abr / 2009, 01:02 »
Olá José Costa, obrigado pelos links.
Continuo sem perceber pq é que na prática podem surgir problemas na edição usando filmagem da Canon a 30 pfs ou 20 fps vs os 24 fps da Nikon. Parece-me que a Canon não está a usar valores standard pq os 30 na realidade deveriam ser 29,97 e os 20 fps do modelo mais recente e mais barato nem sei onde se encaixam no que li?!
Os 24 fps pelo menos parece-me um standard, por isso volto a perguntar: se usar uma das máquinas Canon que problemas práticos poderei encontrar? Se realmente existirem.

Obrigado pela ajuda.
L.

Offline José Costa

  • Veterano
  • *****
  • Mensagens: 3,822
Re: Qual o problema de editar com 30 fps ou 20 fps
« Responder #3 em: 21 / Abr / 2009, 01:37 »
Boas.
Sobre o software FCP não me posso pronunciar, mas independentemente do software de edição usádo, o problema é este:
Para começar, o software de edição tem de reconhecer o tipo de ficheiro criádo pela câmera. Não o reconhecendo, não se consegue editar o mesmo. Pelo que a alternativa é muitas vezes a conversão de um tipo de ficheiro para outro que o software de edição reconheça. Com novos tipos e extençôes de ficheiros a surgirem diáriamente, os softwares não acompanham ão mesmo ritmo, pelo que se torna necessário que a empresa actualize o software para reconhecer o novo tipo de ficheiro.

Temos depois outra questão: o video PAL, o sistema utilizado em Portugal e praticamente em toda a Europa, tem uma cadencia de 25fps. O sistema NTSC, americano, tem 30fps. Imagine agora que filma 4 segundos a 30fps. No final passa a ter 120 frames (30x4=120). Para poder visionar no sistema televisivo português (PAL) tem de os converter a 25fps. Acontece que 4 seg. de video a 25fps perfaz 100 frames (25x4=100). Como tem 120, significa que passa a ter quase 1 seg. a mais de video (os 20 frames  120-100=20). Se quiser manter o mesmo tempo exacto (os 4 seg.) tem de acelerar o video ou eliminar frames. Se acelerar, pode ser visivel em algumas imagens. Se eliminar frames, passa a ter "saltos" na imagem.

Se filmar a 20fps, a situação é inversa, além de que visualmente terá uma sensação de pouca naturalidade da imagem, uma vez que ficará com um efeito stroboscópico.

Existe ainda uma série de problemas, mas fica algo demorado e confuso expôr aqui todos. Mas creio que fiz passar o essencial. Boas.
O profissional inovador não segue a multidão. Ele tem lucidez para remar contra a maré e não se importa em ser taxado como "um estranho no ninho". - Luiz Roberto Carnier

lrolo

  • Visitante
Re: Qual o problema de editar com 30 fps ou 20 fps
« Responder #4 em: 21 / Abr / 2009, 13:44 »
Continuo sem perceber pq é que na prática podem surgir problemas na edição usando filmagem da Canon a 30 pfs ou 20 fps vs os 24 fps da Nikon. Parece-me que a Canon não está a usar valores standard pq os 30 na realidade deveriam ser 29,97 e os 20 fps do modelo mais recente e mais barato nem sei onde se encaixam no que li?!
Os 24 fps pelo menos parece-me um standard, por isso volto a perguntar: se usar uma das máquinas Canon que problemas práticos poderei encontrar? Se realmente existirem.


Os 20fps da nova Canon são para esquecer. Foram simplesmente implementados para não perderem vendas na 5D MkII, pois se a nova 500D oferecesse os mesmos 1080p a 30fps a 1/3 do preço muita gente consideraria essa máquina como uma boa opção.

Quanto aos 30fps da 5D, não causam grandes problemas de edição no FCP.
Obviamente que não nos podemos limitar a arrastar um ficheiro de 30fps para uma timeline de 25fps, pois o clip iria tornar-se bastante mais lento. Uma conversão directa para 25fps tb não dá grandes resultados.
O truque é converter para 24fps (os americanos passam a vida a fazer isso e é uma conversão que está bem documentada e prevista em muitos softwares) deixando "cair" alguns frames e, posteriormente, colocar esse clip numa timeline de 25fps (na realidade, todos os filmes feitos a 24fps passam na europa a 25fps).

O único problema aqui é se quisermos sincronizar a filmagem com outra câmara que corria a 25fps ou com audio gravado à parte (teremos que recorrer a novos truques acelerando o audio).

Estando em causa o Final Cut, a coisa é super simples. Basta abrir o clip no Cinema Tools e escolher a opção "Reverse Telecine". O software faz automaticamente a conversão para 24fps, mantendo o clip com o mesmo tempo.
Se quiseres fazer a experiência, não deves ter dificuldades em encontrar na net ficheiros originais da 5D para testar.

Neste momento, o maior problema destas máquinas para quem vive na Europa não é o frame-rate, mas sim o shutter quando filmamos com luz artificial.
Nos países "PAL" a iluminação é de  50Hz (que obriga a um shutter em múltiplos de 25) e nos países "NTSC" de 60Hz (que obriga a um shutter em múltiplos de 30).
As maquinas que filmam a 30fps usam o shutter em múltiplos de 30, o que pode originar filmagens com luzes a piscar continuamente.
Com luz natural, é sem espinhas. :-D

Offline Luís Filipe Cunha

  • Regular
  • *
  • Mensagens: 68
Re: Qual o problema de editar com 30 fps ou 20 fps
« Responder #5 em: 22 / Abr / 2009, 17:01 »
Caros amigos acho que já percebi então o problema dos 30 e 20 fps vs o nosso sistema PAL (25 fps).
Sendo assim, faço as seguintes perguntas adicionais:

1. As propostas da Nikon com os seus 24 fps são mais próximas do nosso sistema e portanto a edição não constituirá problema de maior?

2. Penso que o PAL só será válido para aparelhos de TV (corrijam-me se estou enganado). Como é então o comportamento em
a) monitor de computador
b) quando se faz um upload de um video destes a 30, 20 no caso pouco simpático da Canon ou 24 no caso Nikon, para o Youtube ou Vimeo por exemplo?

Muito obrigado.
Cumprimentos.
L.