Olá, Visitante. Por favor entre ou registe-se se ainda não for membro.
Perdeu o seu e-mail de activação?

08 / Ago / 2022, 12:02

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão



Membros
Estatisticas
  • Total de Mensagens: 18837
  • Total de Tópicos: 4328
  • Online Hoje: 94
  • Online Total: 996
  • (12 / Dez / 2019, 21:06)
Utilizadores Online
Membros: 0
Visitantes: 36
Total: 36
36 Visitantes, 0 Membros

Autor Tópico: um canal para cada um?  (Lida 2756 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline rui ressurreição

  • Veterano
  • *****
  • Mensagens: 749
um canal para cada um?
« em: 10 / Fev / 2012, 11:54 »
Que acham desta notícia:

http://aeiou.expresso.pt/clientes-do-meo-ja-podem-criar-os-proprios-canais=f703637


gostava de ver o pessoal a participar...será uma imitação do youtube e webtv`s, ou traz água no bico e é sómente mais uma maneira de angariar clientes?

Offline Filipe Araújo

  • Veterano
  • *****
  • Mensagens: 736
Re: um canal para cada um?
« Responder #1 em: 10 / Fev / 2012, 13:03 »
Vejo aqui bastante potencial para a nossa actividade, acima de tudo pelo facto de se poder fazer um upload de ficheiros até 4 Gb, poder mostrar a um cliente a distancia e de certa forma não facultar os ficheiros. Isto seria uma boa montra a distância, mas também permitiria mostrar algumas fases da edição caso necessário.

 Creio que a estratégia da Meu é simples, segurar o produto, ou seja “nós”.
 No entanto também fico dividido com um senão, "tempo". È um recurso cada vez mais raro, e não sei até que ponto os consumidores em geral conseguirão alimentar estes projectos sem que seja um capricho inicial.

 Algum tempo atrás, num programa assisti a um comentário de um pensador que alertava para o seguinte, qual o produto das redes sociais ou outros sites da Web, muitos poderiam reponder que seria as plataformas, as multi-opções de comunicação, a possibilidade de alojar vídeos, …. Errado, segundo o “pensador”, o produto é o número de usuários, porque isso traduz venda de publicidade e entende-se a gratuitidade desses serviços para os usuários.

 No momento em que o país está deprimido, e por vezes farto de mais do mesmo do que se vê na comunicação social: crise, austeridade, desemprego, troika, crise, austeridade, … Creio que projectos como este da Meu, tem alguma razão de ser: faz o teu próprio canal, só não saias daqui. 
 Desde alguns anos a esta data, sempre acreditei que a nossa relação com a tv haveria de mudar, ou seja, a comunicação deixaria de ser em um sentido e passaria a ser a dois. A meu ver, não faltará muito tempo em que a nossa sala será transformada numa “cabine de telefone”, os grandes passos já foram dados, os LCD´s são cada vez mais aparelhos de multimédia, já com ligações a Web, já existem serviços de skype para tv, a velocidade da rede é cada vez mais rápida, a meu ver falta muito pouco até porque o nosso primeiro-ministro está a dar uma ajuda, ou seja, a convidar os portugueses em idade fértil a emigrar, e pelo tempo que este país precisará para se compor, muito em breve os avós só acompanharão o crescimento dos netos pela Web.

 Vamos a ver onde isto dará. Filipe Araújo.

Offline José Costa

  • Veterano
  • *****
  • Mensagens: 3,822
Re: um canal para cada um?
« Responder #2 em: 10 / Fev / 2012, 19:14 »
Boas.
Praticamente todos os serviços gratuitos na net acentam na publicidade. Até aqui o nosso fórum. E quantos mais utilizadores esse serviço tiver, mais lucros gera.

Quanto ao MEO, eles já tinham este tipo de serviço aberto às productoras. Apenas extenderam ao publico em geral. Agora, que tipo de canais é que vão por lá aparecer, vindos da parte do expectador? Basta dar uma olhada no youtube para termos o panorama. Mas os que tiverem olho e disponiveis para investir, e precisam mais de tempo que de dinheiro, têm aqui uma forte possibilidade de negócio, a possibilidade de criar uma "emissora". Uma emissora só precisa de conteúdos, bons conteúdos, daqueles que prendam o expectador ao sofá. E este é um projecto no qual eu alinhava. Boas.
O profissional inovador não segue a multidão. Ele tem lucidez para remar contra a maré e não se importa em ser taxado como "um estranho no ninho". - Luiz Roberto Carnier

Offline João Vieira

  • Residente
  • *
  • Mensagens: 204
Re: um canal para cada um?
« Responder #3 em: 11 / Fev / 2012, 17:58 »
Boas,

Desde já queria felicitar a partilha de informação, que desconhecia totalmente.

Após uma pesquisa, acabei por criar um canal, e para já tenho boas impressões.


Penso que acima de tudo será um bom suporte a portefólio ou mesmo complemento, ou não, de uma web tv.


Offline José Costa

  • Veterano
  • *****
  • Mensagens: 3,822
Re: um canal para cada um?
« Responder #4 em: 13 / Fev / 2012, 01:59 »
Boas.
Citado: "será um bom suporte a portefólio ou mesmo complemento, ou não, de uma web tv."

Aconselho a ler as condiçôes de uso, para não ter problemas futuros. Isto no caso de já não o ter feito. Cautelas e caldos de galinha... Boas.
O profissional inovador não segue a multidão. Ele tem lucidez para remar contra a maré e não se importa em ser taxado como "um estranho no ninho". - Luiz Roberto Carnier