www.grupeer.com

Olá, Visitante. Por favor Entre ou registe-se se ainda não for membro.
Perdeu o seu e-mail de activação?
16 / Jun / 2019, 04:51

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão


www.grupeer.com



Membros
Estatisticas
  • Total de Mensagens: 18106
  • Total de Tópicos: 3937
  • Online Hoje: 107
  • Online Total: 346
  • (09 / Mai / 2019, 12:25)
Utilizadores Online
Membros: 0
Visitantes: 107
Total: 107
107 Visitantes, 0 Membros

Autor [EN] [ES] [IT] [DE] [FR] [NL] [RU] Tópico: O futuro do filme de casamento em Portugal  (Lida 14847 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline AC

  • Sup. Téc. Fórum
  • *
  • Mensagens: 2,289
Re: O futuro do filme de casamento em Portugal
« Responder #30 em: 15 / Jun / 2012, 00:51 »
Daí deduzo que serão 2 videografos, acrescentando 2 fotógrafos a situação, isto para o não obrigar a repetir as sequências dá 4 elementos. Portanto 2 pessoas a agir com 4 profissionais a registar no mesmo quarto. Acha isso natural?

Por isso uma coisa é uma reportagem e outra são os produtos apresentados a exemplo.
Nos apresentados a exemplo, acho natural, e multi-cam é essencial.
Video 2, a partir do minuto 2:22, até para aí aos 2:45, aquilo foi tudo "produzido" para o boneco, e não foram só os noivos a alinhar... são coisas e conceitos diferentes. Claro que para acontecerem os noivos, familia, convidados são informados e concordam em se disponibilizar para tal. Alguem trata de todos esses pormenores... talvez alguem cuja função o nome não interessa.
A quem não quer ver, nem a mais intensa luz ilumina!

Offline João Vieira

  • Residente
  • *
  • Mensagens: 204
Re: O futuro do filme de casamento em Portugal
« Responder #31 em: 15 / Jun / 2012, 01:10 »
Antes de tudo o NKG faz um trabalho excelente independentemente dos recursos que tem ao seu dispor. Podemos falar de outros nomes como Ray Roman, mas o mais importante, é a dedicação que está lá!

Por outras palavras ... o pessoal gosta do que faz! As imagens DSLR iludem e os clientes pagam!

As imagens dslr iludem, porque na minha experiência não fiz mais com dslr do que com a camara "normal", mas fica melhor ou mais belo!  Daí ter dslr!

Em relação a valores ou mesmo valorização do trabalho ... para mim é muito simples ... atirem se aos leões!
No fim de semana passado tive um cliente - fotografo - que me disse que vendia o meu vídeo à confiança! O cliente simplesmente gostava da fotografia e o gajo que anda a filmar da sic e da tvi tanto faz!

Se o cliente não sabe o que compra, é que porque não lhe está aos olhos, ou porque lhe é ocultado ou indiferente!

Este ano já tive clientes que não queriam vídeo, porque era a treta de sempre. Felizmente viram e gostaram do meu trabalho, e vou fazer um casamento segundo o que realmente querem!


Resumindo e continuando por toda a vida ... é valorizar o nosso trabalho de forma a diferenciar dos fotógrafos!

Eu não fotografo casamentos porque não sei! Por que raio vão eles tratar do vídeo e mandar palpites se não percebem corno de vídeo?

PortugalVideo - Fórum

Re: O futuro do filme de casamento em Portugal
« Responder #31 em: 15 / Jun / 2012, 01:10 »
www.grupeer.com


Offline AC

  • Sup. Téc. Fórum
  • *
  • Mensagens: 2,289
Re: O futuro do filme de casamento em Portugal
« Responder #32 em: 15 / Jun / 2012, 01:29 »
Mais sumo... agora daquele que eu gosto!

Video 2, minuto 2:54 - Quantas luzinhas vêm lá ao fundo? Agora memorizem a posição delas!
saltemos para o minuto 3:04, quantas luzinhas vêm agora, tambem lá ao fundo? E a posição delas é a mesma?
E a altura a que estão? Não é em cima da câmara pois não?
minuto 4:06 - Luzinha em nova posição, à esquerda do plano
Minuto 4:14 - Contra-plano. Lá está, bem juntinho à arvore, um dos assistentes de iluminação com a "luzinha" numa mini perche, a que se vê no plano anterior.

E com quantos técnicos já vamos?

Serve esta observação sobre luzinhas para quê? Para nada, possivelmente!
« Última modificação: 15 / Jun / 2012, 03:21 por AC »
A quem não quer ver, nem a mais intensa luz ilumina!

Offline pmff

  • Frequênte
  • *
  • Mensagens: 38
Re: O futuro do filme de casamento em Portugal
« Responder #33 em: 15 / Jun / 2012, 14:48 »
AC claro que nota-se um profissionalismo muito bom de quem está a trabalhar ou seja sabem o que fazem!

deixo mais um video para critica do Bojan Mitksovski vencedor do best Love Story of Europe 2011 by EEVA!!

http://vimeo.com/30975219
« Última modificação: 16 / Jun / 2012, 00:34 por AC »

Offline Filipe Araújo

  • Veterano
  • *****
  • Mensagens: 736
Re: O futuro do filme de casamento em Portugal
« Responder #34 em: 15 / Jun / 2012, 15:03 »

 È,


 faz-nos sentir pequeninos ...


 Filipe Araújo.

Offline pmff

  • Frequênte
  • *
  • Mensagens: 38
Re: O futuro do filme de casamento em Portugal
« Responder #35 em: 15 / Jun / 2012, 15:13 »
È,


 faz-nos sentir pequeninos ...


 Filipe Araújo.

:)

tambem conseguimos chegar lá, para tal basta darmos o melhor de nós e trabalharmos!

Offline António Cristo

  • GRAVAÇÃO/EDIÇÃO Imagem & Som
  • Efectivo
  • *
  • Mensagens: 467
  • Show Time Fox
Re: O futuro do filme de casamento em Portugal
« Responder #36 em: 15 / Jun / 2012, 19:54 »
Este ultimo só vejo o trailer onde posso ver o filme?
 :lol: muito bom.

A forma como conta a história (ideia), os locais escolhidos, a luz (fotografia)...

Ok é o futuro, os "casamentos" passam a ser pagos pela(s) empresa(s) de implantes de memória cognitiva e ego-massagem.  \:D/  :-k

Com o telemóvel  ou com o mais intrincado sistema, a ideia e a motivação são chaves para o caminho. Agora o caminhar passa pelo produto mas também pela oportunidade de negócio. As comunicações evoluíram de tal forma que tudo ficou mais perto, o deserto também. Esta rede global tem um potencial global.

Todo o mundo procura mais valias sejam elas económicas espirituais ou o que quer que seja.

Surge um cliente de quando em quando com uma proposta deste género?

Então estamos a falar de alguém, que sabe o que quer.
Alguém pré-disposto a ser "Actor", com meios... Depois cabe à realização/produção enquadrar todo este processo, é um todo, é sempre um trabalho de equipa.

Estava a pensar nas memórias, pois todo este processo "casamentos" conclui num futuro reviver ou rever o passado, para quem viveu a experiência e como mostra vídeo a outros (desclassificando todo o aparato, e meios possíveis de utilizar ou usar).

Mas este filme (https://vimeo.com/30975219) tem um pendor diferente pois tudo é "encenado" de forma a que o filme transmita uma ideia do pretendido, para produto final.

Com e sem encenação ou então a zona mista (uma mistura dos dois) é o que se vai vendo pois se os actores tem de dar a cara toda a equipa contribui para o resultado final.

Na equipa é fundamental as competências, experiência  e as comunicações vieram trazer nova forma de olhar a equipa dado pela forma de contacto bem como ao aumento e velocidade com que tudo acontece ou que se faça acontecer.

O Futuro é hoje? ou é amanhã?  #-o  [-X
Tem dias!

Offline Filipe Araújo

  • Veterano
  • *****
  • Mensagens: 736
Re: O futuro do filme de casamento em Portugal
« Responder #37 em: 15 / Jun / 2012, 20:58 »
 Muito agradável o seu texto.

 Filipe Araújo.

Offline AC

  • Sup. Téc. Fórum
  • *
  • Mensagens: 2,289
Re: O futuro do filme de casamento em Portugal
« Responder #38 em: 16 / Jun / 2012, 01:17 »
Este ultimo só vejo o trailer onde posso ver o filme?

Nada mau, eu não vejo nem trailer nem filme! Mas ganhou um prémio, portanto calo-me!
Pena que, por exemplo o Luís Rolo não tenha (corro o risco, pois não sei se tem, ou já teve) a chance de poder fazer uma coisa com metade do orçamento que estes tipos tiveram.


Citar
Surge um cliente de quando em quando com uma proposta deste género?

É aqui que tem de haver a inversão. As coisas têm de ser propostas ao cliente, na maioria das vezes eles não têm conhecimento do que é possivel fazer, daí que só de vez em quando surja algum que, ou porque já viu, ou sabe mais alguma coisinha, lá pede algo diferente.
Ter um portfolio como se trata-se de uma ementa, para propor ao cliente, parece-me um bom ponto de partida.
A quem não quer ver, nem a mais intensa luz ilumina!

PortugalVideo - Fórum

Re: O futuro do filme de casamento em Portugal
« Responder #38 em: 16 / Jun / 2012, 01:17 »
www.grupeer.com


Offline António Cristo

  • GRAVAÇÃO/EDIÇÃO Imagem & Som
  • Efectivo
  • *
  • Mensagens: 467
  • Show Time Fox
Re: O futuro do filme de casamento em Portugal
« Responder #39 em: 16 / Jun / 2012, 03:15 »
A questão pode ver-se desse prisma.
Como um filme é feito de imensos  pormenores, e todos os que o integram contribuem de uma forma explicita ou implícita para o seu final - independentemente do custo do mesmo.

Quanto ao requerido como plano, leva a que a realização/produção prepare os meios e faça as opções e ajustes necessários à produção, e aqui visualiza-se os custos. Mas a história é aquela, não outra, e aqui os actores tem a palavra.

Bem posso querer um carro que ande a 400h, mas eu posso nem sequer ter jeito para tirar o carro do estacionamento, quanto mais fazer um peão.

Portanto para isso é importantíssimo o querer da parte dos visados... pois eles conhecem melhor os seus limites que ninguém.

Eu creio - não trabalho em casamentos - mas não deve ser diferente de outros mercados - que em conformidade com a atitude dos interessados, seja pela motivação, o gosto, as referencias que trazem para a conversa, o tipo de resposta a questões simples, a atitude de estar, e entendimento das diferentes possibilidades produtivas faz com que se tenha um entendimento sobre o tipo de operação de produto (aqui falo na forma de contornar diversas questões inerentes à ideia) e respectiva produção necessária, depois vem os custos.

Aí faz  lembrar um episódio dos Simpsons em que o Homer vai comprar uma auto caravana porque o vizinho tb comprou, vai à loja e o vendedor mostra-lhe o último grito em auto caravanas: Tv com Satélite próprio, 3 fornos um para cada parte do frango e mais uma panóplia de coisas.
O Homer ficou a vibrar (a Merge questiona mas temos para isto?) e o vendedor diz vamos ali à casinha fazer o contrato se a luz vermelha ligar é porque não pode comprar.... claro que não podia comprar o crédito que tinha deu para um chasso que atrapalhou o transito todo até fazerem camping. Isto é uma história do episódio BIGFOOT dos simpsons.

Isto para dizer que todos querem o que acham melhor nem todos podem e nem todos os que podem tem jeito... Mas quando chega a hora dos valores existe uma mudança de azimute... independentemente de serem bons actores ou não.

Mas quando sabem o que querem, geralmente estão dispostos a pagar o necessário pois é um assunto que lhes interessa mesmo e não mais um pormenor da boda.

Aqui entra a dimensão do mercado, o posicionamento da empresa ou pessoa no mesmo e a capacidade de produzir ou fazer produzir o que foi referenciado.

Sim AC já vai aparecendo material, a questão é mais pessoal e requer vários níveis de investimento por parte de quem o deseja e de quem o faz.

Existe uma diferença entre liderar puxando e liderar atraindo... Sendo a liderança a capacidade de criar equipas. Temos défice de verdadeiros lideres em muitas áreas, e esta não é excepção. Muitos anos de um formato piramidal top down com base na estrutura militar deixa os seus resquícios.

Mas o futuro é hoje :)

Offline pmff

  • Frequênte
  • *
  • Mensagens: 38
Re: O futuro do filme de casamento em Portugal
« Responder #40 em: 16 / Jun / 2012, 22:41 »
Quem procura este tipo de empresas especializadas são clientes que sabem o que querem e para eles o vídeo é importantissimo!

como podem ver neste video um cliente do ray roman em completa loucura!

https://www.facebook.com/photo.php?v=10150974516313913


lol
:grin:

Offline AC

  • Sup. Téc. Fórum
  • *
  • Mensagens: 2,289
Re: O futuro do filme de casamento em Portugal
« Responder #41 em: 17 / Jun / 2012, 03:31 »
Afinal o que é que era mesmo para se debater?  :-({|=
« Última modificação: 17 / Jun / 2012, 03:31 por AC »
A quem não quer ver, nem a mais intensa luz ilumina!

Offline José Costa

  • Veterano
  • *****
  • Mensagens: 3,822
Re: O futuro do filme de casamento em Portugal
« Responder #42 em: 25 / Jun / 2012, 00:11 »
Boas.
Apesar de me ter retirado do debate, tenho acompanhado o mesmo. Opiniôes li muitas, mas também não é sobre isso que quero escrever. Apenas dois ou três comentários relativos ãos 3 videos aqui colocados neste tópico:

Em relação ão primeiro , logo no inicio do tópico, não me vou pronunciar sobre a falta de concordância entre o ritmo da música e a das imagens (mas já me pronunciando, a falta de concordância a que me refiro é na parte do baile ou dança).

Também não me vou pronunciar sobre o controle da profundidade de campo, em ambos os dois primeiros videos. Tanto o querem mostrar e trabalhar, que acabam por desfocar de mais as imagens. Dizem que no cinema é assim. Pois no cinema não vejo nada assim.

O meu comentário vai para a composição das imagens, para o enquadramento em ambos os videos. Quebrar a regra dos terços não é problema. O problema é quando o resultado é simplesmente mau. E em ambos os videos, essa regra é quebrada por diversas vezes, com resultados pouco abonatórios para a imagem. Depois, temos a questão das cabeças cortadas. Ter uma imagem cheia de ar e as pessoas com as cabeças cortadas, não é dos melhores planos. E infelizmente, em ambos os videos temos muitos planos assim. Cabeças cortadas e pessoas amputadas. Ou eram retiradas do plano ou então "abriam" simplesmente a imagem.

Quanto ão 3º video, retirem os fundos, o luxo, e digam-me o que fica. Não fica nada, nem história nem emoção. Temos um local que parece ser das arábias, mas cujas imagens não nos dizem nada. Existe ali uma história? Gostava de saber qual. Gravar imagens não é dificil, o dificil mesmo é contar uma história com as imagens. E na minha opinião, isso não foi conseguido.

Ganhou um prémio? Isso me leva a questionar se de todos a concurso aquele era a melhor "coizinha" que por lá apareceu ou se o luxo evidente nas imagens teve alguma influência sobre a decisão do júri.

Já que critico tanto, faço melhor? Se faço melhor ou se sei fazer melhor, não é o ponto. O ponto é saber ver e saber criticar. Não é por não se saber fazer que devemos deixar de criticar o que está efectivamente mal feito. Porque nos 3 videos presentes neste tópico, a única coisa de bom que têm é a qualidade da imagem (DSLR vs video convencional).

Se estes são exemplos a se seguir, então muito obrigado, mas prefiro não seguir o exemplo. E se estes são o futuro, que triste futuro nos espera.

Como referi no inicio, apenas dois ou três comentários, que achava imperioso fazer. Boas.

Obs. Já agora, para os eventuais criticos como eu, ouvir aqui.
« Última modificação: 25 / Jun / 2012, 00:25 por Jose Costa »
O profissional inovador não segue a multidão. Ele tem lucidez para remar contra a maré e não se importa em ser taxado como "um estranho no ninho". - Luiz Roberto Carnier

Offline AC

  • Sup. Téc. Fórum
  • *
  • Mensagens: 2,289
Re: O futuro do filme de casamento em Portugal
« Responder #43 em: 25 / Jun / 2012, 01:59 »
Quanto ão 3º video, retirem os fundos, o luxo, e digam-me o que fica. Não fica nada, nem história nem emoção. ...

Nem mais... mesmo com o luxo, continua a ser NADA! Nem trailer, nem filme... simplesmente NADA!
A quem não quer ver, nem a mais intensa luz ilumina!

Offline rui ressurreição

  • Veterano
  • *****
  • Mensagens: 687

PortugalVideo - Fórum

Re: O futuro do filme de casamento em Portugal
« Responder #44 em: 16 / Jul / 2013, 13:23 »
www.grupeer.com


 

www.grupeer.com