www.grupeer.com

Olá, Visitante. Por favor Entre ou registe-se se ainda não for membro.
Perdeu o seu e-mail de activação?
21 / Ago / 2019, 11:01

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão


www.grupeer.com



Membros
Estatisticas
  • Total de Mensagens: 18188
  • Total de Tópicos: 3980
  • Online Hoje: 187
  • Online Total: 346
  • (09 / Mai / 2019, 12:25)
Utilizadores Online
Membros: 0
Visitantes: 65
Total: 65
65 Visitantes, 0 Membros

Autor [EN] [ES] [IT] [DE] [FR] [NL] [RU] Tópico: Como Criar Vídeos BBC | dicas de Paulo C. Jerónimo  (Lida 3119 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Paulo C. Jerónimo

  • Residente
  • *
  • Mensagens: 247
  • Bons Takes!
Como Criar Vídeos BBC | dicas de Paulo C. Jerónimo
« em: 07 / Nov / 2012, 22:08 »
Cenas... de um casamento.
(Por favor: mudar as resoluções para HD 720P ou 1080P)


Para esta sessão da tarde, ai o que eu falei mal da minha vida... e da do Sr. Fotografo? Nem queiram saber... Porque tinha, que tinha, e porque sim, de ser àquela hora... e naquele sítio é que era bom... et voila: conjugações técnicas nada recomendadas, já se sabe...
A Luz estava duríssima, era um desatino para evitar enquadrar as sombras constantes projetadas, o noivo que não conseguia manter os olhos abertos... pudera - com o sol ainda tão alto. Um parque sem qualquer tipo de sombras... enfim, o "tem de ser ainda tem muita força" né? E fez-se... e até que acabou num passeio de tarde bem agradável, diga-se de passagem.

Mas confesso alguma surpresa à posteriori quando verifico o resultado final na pós produção, gostei (afinal) imenso do tom de cor proporcionado pelo fim de tarde com os tons a alaranjar, antes dos tons um pouco mais avermelhados do pôr-do-Sol. E de forma geral, uhmmmm escapa :-) - Digo eu que sou suspeito para avaliar... Não Acham?

--
Cam: Sony HXR-MC2000
Edit: Edius 6
Tema musical: a pedido dos noivos (Tribalistas - Velha Infância)
« Última modificação: 08 / Nov / 2012, 01:53 por Paulo C. Jerónimo »

Offline Paulo C. Jerónimo

  • Residente
  • *
  • Mensagens: 247
  • Bons Takes!
Re: Como Criar Vídeos BBC | dicas de Paulo C. Jerónimo
« Responder #1 em: 07 / Nov / 2012, 22:45 »
Capitulo Extra (inesperado) para encerrar o filme. É Foda!
(Por favor: usar as resoluções HD 720P ou 1080P)


Tás a ver o fim do filme?
Um qualquer de casamento.
Isso...

Então, fade out para negros, e tal... só não aparece o titulo "The End" ou o equivalente Tuga "Fim" em letras bem garrafais porque prontos, quer-se dizer... já te deixaste dessas merdas e tal... e sabes que hoje em dia coisas dessas têm  tanto de interpretação de foleiro como de foleiro tem insistires em fazer dos genérico de abertura nos videos BBC uma  "Certidão de Casamento": Dia? Nome do Pai? Mãe? Padrinho? Madrinha? Sr. Reverendo Padre? Em que igreja?
Oh meus amigos, valha-me Deus... Fonix! Essas informações, quem é quem, onde foi, etc e tal, é para estarem subentendidas nos planos que captas-te durante o dia... já te disse! Agora uma seca dessas, com informação textual, logo para começar?
Começar mal... é o que seria.
 
Mas estou-me a desviar, arrepie-mos, irmão, arrepie-mos.

Hoje em dia não queres corres riscos e como tal... Ao fim de uma hora e pouco, e tal, uma cascata de imagens anunciam um fim prometedor tipo: "viverão felizes para sempre", e tal... música catita final a bater pró coração, e tal... (não vale é Tony Carreira, canudo!) e diz a noiva ao noivo - ainda a limpar as últimas lagrimitas da emoção de assistir ao filme da sua vida - Ai, que já acabou! (Se a coisa for boa, mesmo boa, sabe sempre a pouco...)

Vai dai, inesperadamente do nada, quando mesmo, mesmo, já ninguém espera, Tás a ver? Surpresa!
"Es-tra-a-a--a-la  bomba e o foguete vai no ar, arrebenta"... e serves um capitulo final tipo esse dos apanhados ai em cima.
É! Como sobremesa, tás a ver... Vais ver, vais... que os noivos vão lamber os beiços e chorar por mais. Apenas uma nota: não abuses no açúcar :-) , sim pois não te esqueças que por esta altura, e pelo teu bom trabalho, o noivo também, ja está farto de esfregar as mãos de contentamento: "mais uma foda nupcial garantida!" (comunga o gajo em segredo com os seus botões.)
Quem sabe, sabe. E assim, sabe-se lá.... se passado 9 messes, não estarás já a faturar uma BBC de Batizado. Uhmmmm?!

Apreeeende, que eu...
kkkkkkkkk

--
Cam: Sony HXR-MC2000
Edit: Edius 6

PS: Neste caso, o cuidado com tons de cores ou correção foi premeditadamente neglegenciado. Uma "super produção/edição" dispensa-se bem tambem por esta altura. A ideia é oferecer uma borla mesmo, a de um video tipo um pouco "à bruta" .
Acham que resulta?
« Última modificação: 08 / Nov / 2012, 01:53 por Paulo C. Jerónimo »

PortugalVideo - Fórum

Re: Como Criar Vídeos BBC | dicas de Paulo C. Jerónimo
« Responder #1 em: 07 / Nov / 2012, 22:45 »
www.grupeer.com


Offline Paulo C. Jerónimo

  • Residente
  • *
  • Mensagens: 247
  • Bons Takes!
Re: Como Criar Vídeos BBC | dicas de Paulo C. Jerónimo
« Responder #2 em: 08 / Nov / 2012, 00:43 »
Neste post o que proponho é a ponderação sobretudo da necessidade do bom critério e selecção do que fica e do que vai para o lixo, entre as dezenas, por vezes centenas de takes que temos ao nosso dispor na fase de Pós-Produção. Para um bom filme, um bom editor/montador, será aquele que for mais destro em saber o que cortar.
Darei aqui o exemplo, com alguns anos já (2009) a partir da minha própria linha de edição de trabalho, de como um clip de "sessão da tarde" com os noivos, originalmente com mais de 8 min. e que obrigava ao recurso de dois temas musicais distintos (descareterizando ou desconexando desta forma o capitulo do filme em causa) foi reduzido para pouco mais de 4 min. , com um tema musical todo único e coerente a todos os níveis, mantendo a sua essência, e o essencial do meu ponto de vista: agora sim, o clip passou a contar muito melhor a história "daqueles dois".

Antes de assistir ao video youTube em baixo, que é o que sofreu as correcções, será interessante para um bom exercício do que pretendo neste post explicar , que assistam primeiro à sua versão original então, e que está aqui .

--
Agora sim, comparem com esta "versão 2.0"  aqui modificado posteriormente.
Na falta de melhor... mudar a resolução para 480P, sff.


Conforme introduzido. este video já o havia publicado neste forum há alguns anos atrás, mas, na altura estava insatisfeito quer com a banda sonora (escolha dos noivos) que está no 'vimeo'  bem como com a edição que não era de minha autoria.
O op. câmara neste trabalho fui eu, e o editor havia deixado algumas pontas soltas que eu não aprovava propriamente. Apesar de gostar do alinhamento/montagem geral do videoclip, o trabalho de edição, entendia eu, pecava por essas pequenas pontas soltas que prolongava certos planos exageradamente no tempo, ou então que me eram de todo mais do que evidente que pertencia cortar. Basicamente a necessidade de correção, entendia eu, envolviam questões técnicas típicas do processo de captura de câmara, e que um editor de video, que não seja igualmente experiente também na captação em terreno com a câmara, pode facilmente deixar escapar, despercebidas pela sua inexperiência.
Um limar de arestas e alguns cortes impunham-se, e fazem mesmo parte de um bom trabalho final, sendo normal que tal suceda portanto.
Limar de  arestas esse como o cortar de ligeiros desfoques nos primeiros frames/segundos dos takes, ou enquadramento ainda desalinhado na mesma fase da ponta inicial dos takes, e finalmente há que ter boa sensatez, e não ter pudor, em cortar, deitar para o lixo mesmo, planos que ainda que tecnicamente perfeitos na captura, te cortam o ritmo ou alteram o pretendido, que fiquem descontextualizados ou pura e simplesmente te comecem a formar um bom trabalho técnico de captura e planos, num videoclip maçudo, morrendo, por falta de critério, e preferir o conforto de não ter de selecionar entre os muitos Takes bons que deteminado trabalho de caotura em campo deu.

Na minha Equipa de trabalho, os processos de pós-produção estão esquematizados e organizados para que esse tal "editor primário" se preocupe mais com a "Montagem Real" do filme, vai editando, coerente e devidamente o filme, na ordem esperada, tem liberdade de escolher e manipular as músicas, as vezes, no entanto, limitado pelos pedidos dos noivos nesta vertente (banda sonora) e inclusive, é este meu profissional quem assina também na ficha técnica pelos processo denominados por "grafismos".
Acabado o seu trabalho, entro eu depois então na pós-produção. De início ao fim, dedicando-me com especial atenção à correção de cores, luz etc... à sonoplastia do filme, retiro algum eventual "fail" que o meu colega tenha deixado, ou que não goste de ver/ouvir ali, mudo as musicas de fundo se entendo que não estão apropriadas, ou se sei duma outra que encaixa ainda melhor do que a escolhida, etc, etc, até correr o filme todo e dá-lo como pronto para a exportação e gravação.

Ou seja, trabalha-mos em Pós-Produção pelas ordens conhecidas de Pré-Montagem, e Montagem final.

Voltando a este videoclip em concreto, e ao facto de ter feito aqui uma remasterização do mesmo:
Primeiro mudando a banda sonora, para a que agora se houve ("Amanhã É sempre Longe Demais" - uma Cover do tema pelos  Radio Macau), pois considerei ser um tema mesmo tipo "a cara dos noivos") e se souber-mos explicar este pedido de mudança aos noivos que pediam encarecidamente, antes de ouvirem uma alternativa, "aquela sua musica", não haverá noivo que te diga que não, e no fim até reconhecem e agradecem (!) a tua sugestão para alteração acrescentando, aliás, "foi por isso mesmo, pela confiarmos em si e na sua experiência que o escolhemos....". Isto é cliche suceder com muitos profissionais, acreditem.
Por fim, reterei ou encurtei então, os tais planos enfadonhos ou que desgostava da anterior edição (no vimeo).

E aí? O que acham vocês sobre o tema também?

--
Cam: Panasonic DVCPro AJD400
Edit: Edius 5
« Última modificação: 08 / Nov / 2012, 01:59 por Paulo C. Jerónimo »

Offline Paulo C. Jerónimo

  • Residente
  • *
  • Mensagens: 247
  • Bons Takes!
Re: Como Criar Vídeos BBC | dicas de Paulo C. Jerónimo
« Responder #3 em: 23 / Nov / 2012, 23:45 »
Uma dificuldade considerável para iniciantes na captação ou edição de Reportagem Video de Casamentos, e inclusive que foi colocada muito recentemente neste fórum por um user, o que me induziu inclusive para a criação deste tópico, tem que ver com o que gravar/colocar no filme quanto ao que toca a um capítulo que sendo supostamente o principal do filme, acaba no entanto na pratica por ser precisamente aquele que mais facilmente será saltado para a frente... Falamos portanto, e como já perceberam, da cerimónia propriamente dita (a Missa Católica na maior parte dos casos).
O que gravar, o que cortar?

(Foto avulsa encontrada na web)

Sintetizando, e a menos que os noivos sejam muito "beatos", coisa rara de encontrar pela minha experiência, até porque em Portugal, ou melhor dizendo, na minha zona de atuação (zona centro litoral) estou convencido que casar na Igreja é mais por tradição do que propriamente por devoção, e não desconsiderando que noutras zonas, e por circunstâncias várias, eventualmente este assunto possa ser encarado e considerado com "outro rigor", no meu caso em concreto e opinião pessoal, eu capto e ponho no filme o que considero realmente elementar, a menos que, e pelo anteriormente referido, tenha indicações contrarias pelos noivos (ou alguém em sua legitima representação) para fazer doutro modo.

E regra geral, como elementar, até para que o capitulo da cerimónia não se torne naquilo que a maioria das pessoas considera - uma seca! - então destacaria o seguinte:

# Captar o ambiente no Adro da Igreja (se houve oportunidade/tempo de captar) onde normalmente o noivo já nos espera quando chegamos (os  repórteres).

# Entrada do noivo (esta é essencial...)
# Chegada da noiva (no carro quando possível) ao Adro da Igreja (se houve oportunidade de captar)
# Entrada da noiva e restante comitiva, se houver (meninos das alianças, Damas de Honor, Padrinhos em fila, etc, depende das zonas e costumes locais) e entrega da noiva ao noivo no altar (essencial)
# Breve trecho da abertura da missa pelo Padre dando as boas vindas ou como ele entender introduzir a cerimónia.
#Leituras pelos convidados (essenciais se foram convidados/familiares a ler).
# Um breve trecho musical que entretanto provavelmente vai ser entoado,
# E salto direito para a palestra de aconselhamentos matrimoniais do Padre destacando apenas os pontos que considere relevantes (nesta fase gosto de ir variando o local donde capto, se possível andando, com respeitinho pelo local e o evento... "em pés de lã" um pouco mais para cá ou para lá, inclusive passando para a lateral oposta do altar (nunca atravessando desnessesáriamente a frente do altar, vou pelas laterais, dando a volta completa a igreja), para conseguir variar as perspetivas e planos captados. E aqui abro um parênteses: não faço, nem defendo confesso, multi-câmara em BBC, se não tenho orçamento para uma "produção cinematográfica", vou trabalhar para aquecer, ou pôr uma segunda câmara para o Show off?
Dai a minha preocupação expressa, desde sempre, em variar e percorrer a igreja toda procurando os melhores planos e perspectivas possíveis dentro da igreja. Trabalho o melhor que sei com os recursos adequados ao que os noivos querem pagar.
Uma câmara única, experiência adquirida, preocupação de captar "planos de corte" (grandes planos soltos durante a cerimónia, de pessoas, expressões, etc... que podem ser misturados em vários pontos adequados), "olho vivo e dedo ligeiro" (estilo de captação jornalística), mostram não raras vezes que podem dar uma reportagem bem mais rica, de que muitas edições de cerimónias multi-câmara que tendem a pulular por aí. Seria outro debate.

# De seguida vem o rito matrimonial, e claro, este é o ponto fundamental de toda a cerimónia para não dizer do dia, portanto, gravo-o e apresento-o no filme final completo, apenas eliminando algum tempo morto, ou impasses típicos desta altura que o justifiquem. Desde que o padre começa: "Noivos Caríssimos, vieste a casa de Deus, blá , blá, blá"...  os noivos fazem os respetivos votos de amor e fidelidade, lá vem a bênção e troca de alianças,  até que o Padre dê o rito por terminado, normalmente quando ele se retira da frente dos noivos e volta para o Altar.

# Segue-se a "Oração dos Fiéis", aquela em que a assistência responde "Ouvimos Senhor" e que para mim, só a considero essencial de reproduzir no filme, se for feita por convidados/familiares (a maior parte das vezes é), caso contrário, descarto-a. Como descarto a maioria de quase todas as rezas (é precisamente o que as pessoas vão saltar no filme).
Até porque convenhamos e recorde-mos: fui contratado para registar uma cerimónia de casamento. O destaque deve ser precisamente centrado nesse chamado sacramento: o matrimonial. Para ouvir o Padre a dar a Homilia, ou a assembleia a reproduzir "rezas", as pessoas vão ao domingo à missa dominical...

#Exceção feita no entanto, no que toca a rezas ou orações, a uma específica (a menos que o capítulo "cerimónia" já vá longo e esta parte acabe também cortada...) à reza/oração tida pela "Benção dos Noivos" (aquela em que normalmente os noivos se ajoelham para receber tal bênção) depreendendo eu que, para alem da questão de ser uma reza específica deste sacramento católico, o casamento, e portanto pelo respeito que lhe é devido, que tal parte lhes seja também para eles (noivos) importante acolher. Ainda assim, dou-lhe uns cortes, pois é muito longa no meu entender. deixo o essencial dessa reza: a introdução, as partes que se dirijam mesmo "à esposa" e "ao marido" e "aos filhos que possam vir a contrair" que são lá citadas, e a conclusão da oração.

#Seguidamente, Salto para a "saudação da paz". É sempre um "boneco" agradável e harmonioso de aparecer. Deixo o padre introduzir a breve sentença referente a isso mesmo, concluindo em "... que a paz do Senhor esteja sempre convosco" isto com a preocupação de captar os noivos trocando o Beijo da Paz, continuando a captação pelos seguintes cumprimentos e saudações de paz que os noivos trocam com as pessoas mais próximas e diretas.

#A partir daqui, apenas um "flash rápido" do momento preciso em que os noivos comungam (e apenas os noivos, no preciso momento em que recebem a ostia, e/ou, conforme as zonas ou hábito da paróquia, também podem beber do vinho).

# Normalmente neste "tempo morto", enquanto os restantes convidados comungam, e os momentos que se seguem - enquanto o Padre, os Acólitos, ou Sacristão arrumam os utensílios utilizados para a comunhão, bem como na subsequente habitual pausa para reflexão - acabam por ser preenchidos com cânticos que são sempre uma boa oportunidade para dar destaque ao Coro Musical, aos ornamentos arquitectónicos da Igreja/local, ao arranjos florais e decorativos em geral, não obstante que, antes disto, e não pretendendo que passe despercebido, já deve ter havido oportunidade de apresentar e dar o devido destaque ao coro ou músicos (havendo-os), sobretudo quando são bons!

# Et voilá!

# A menos que haja uma daquelas surpresas de leituras de poemas ou mensagens aos noivos por um convidado/amigo/familiar (que devemos sempre estar atentos, pois que podem sempre surgir.... ou algo inesperado do género, e que se torna mais uma vez evidente ser essencial gravar e apresentar na edição final - a menos disso ou de algum outro motivo de força maior - para mim basta que o padre recite mesmo é as três bênçãos finais e conclua com o "Ide em Paz, e que o Senhor vos acompanhe" (esta é mesmo a minha parte preferida da missa!) para dar por concluída a cerimónia.

Então vá: Para a Sacristia, sigam as assinaturas...
Bons takes!
« Última modificação: 24 / Nov / 2012, 00:33 por Paulo C. Jerónimo »

Offline Valter Pinho

  • Colaborador
  • *
  • Mensagens: 113
Re: Como Criar Vídeos BBC | dicas de Paulo C. Jerónimo
« Responder #4 em: 24 / Nov / 2012, 01:40 »
Paulo, muito obrigado pelo teu extenso texto...era EXACTAMENTE o que estava à procura neste fórum! Agora...diz-me...como faço na parte das assinaturas??? Tenho 10 minutos de pessoas a assinar? Coloco música de fundo?? Faço como? É que essa também é daquelas partes secantes de se ver...digo eu...
_______
Cam:
3 Sony HDR-FX1000;
1 Sony HDR-AX2000

Áudio:
Sony PCM-10;
Tascam DR-40;
Shure SM58;
Shure FP2/FP4;
StudioProject B1

PC:
Core i7 2700; 16GB RAM; GTX 960; SSD; RAID 0; Gravador BluRay; Windows 7 Ultimate 64bit; Adobe Premiere Pro CC

Offline Paulo C. Jerónimo

  • Residente
  • *
  • Mensagens: 247
  • Bons Takes!
Re: Como Criar Vídeos BBC | dicas de Paulo C. Jerónimo
« Responder #5 em: 24 / Nov / 2012, 14:38 »
Valter,
assinaturas, o essencial mais uma vez!
E sim, com banda sonora de fundo ou mesmo só musica ( se o ruido de fundo tem mesmo desaparecer por ser inadequado deixa-lo.
Apenas o ato exato em que os noivos e padrinhos assinam.

Tipo alternar entre planos abertos (para mostrar quem vai assinar e planos mais apertados ou grandes planos (para destacar o acto em sí, o "cunhar" pela assinatura de cada um), e um ou outro plano geral com o ambiente do momento.

Deixar ficar a troca de cadeiras, os noivos a levantar, os padrinhos a sentar, o Padre a ler a certidão em voz alta antes da dar a assinar, etc, é o que chamo de  "palha". Comigo essas coisas vão direitinho para o lixo...

Quaisquer dois min. de edição, três no máximo se tiveres assunto que justifique, dão para isso e eu não perderia mais tempo do que isso.
Mas isso sou eu, e os meus noivos que nunca se queixaram - pelo contrário.

PJ
« Última modificação: 24 / Nov / 2012, 14:40 por Paulo C. Jerónimo »

PortugalVideo - Fórum

Re: Como Criar Vídeos BBC | dicas de Paulo C. Jerónimo
« Responder #5 em: 24 / Nov / 2012, 14:38 »
www.grupeer.com


 

www.grupeer.com